Segurança

Protocolo que pretende aumentar segurança em cirurgias plásticas e reduzir queixas. Norma não obrigatória, mas que pode ser cobrada da equipe cirúrgica.

 
 
Documento que visa expor aos pacientes a qualificação dos cirurgiões, evitando a entrada de aventureiros na área. Para a formação de um cirurgião especialista em plástica de face são necessários, pelo menos dez anos de estudo, sendo seis de graduação em medicina e no mínimo quatro de especialização. O cadastro de cirurgiões pode ser conferido no site da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face – ABCPF http://www.abcpf.org.br/ ou na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP www.cirurgiaplastica.org.br/
 
 
Contagem-01
Cirurgião - deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e/ou da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face (ABCPF). Isso garante que ele estudou no mínimo 10 anos para possuir o título. É importante também que o médico frequente congressos e cursos internacionais, o que garante que ele está em constante atualização.
 
 
Contagem-02

Local da cirurgia -Idealmente ambiente hospitalar. Um local que possua estrutura completa, garantindo que, caso haja intercorrência, esta seja resolvida de prontidão.
 
 
Contagem-03

Exames pré operatórios -exames de sangue, avaliação cardiológica e, em alguns casos, exames de imagem devem ser solicitados de acordo com o tipo de cirurgia e particularidades de cada paciente.
 
 
Contagem-06

Anestesia - não há um consenso sobre o tipo de anestesia mais indicado. Os melhores especialistas têm dado preferência a anestesia geral ou local com sedação.
 
 
Contagem-05
Esclarecimento de dúvidas antes da cirurgia. O paciente deve anotar e levar todas as dúvidas ao cirurgião nas consultas pré-operatórias, sendo essas quantas forem necessárias para seu esclarecimento. Levar um acompanhante às consultas é de grande utilidade. Assim, ele também escuta as orientações e pode ajudar no pós-operatório.
 
 
Contagem-04

Acessibilidade do paciente ao cirurgião.Facilidade de contato com este e sua equipe para tirar dúvidas e ansiedades.
 
 
Contagem-07
Trombose -é a complicação mais temida, principalmente em cirurgias longas (no caso das cirurgias estéticas da face, o lifting facial ou a rinoplastia com necessidade de enxerto de costela). Para evitá-la, utilizamos aquecimento com manta térmica e compressor de pernas no paciente.
 
 
Contagem-08
Utilização de materiais de alta qualidade. Os implantes, quando necessários, – em cirurgias da face são mais frequentes para aumento do mento (queixo) ou deformidades ósseas ou musculares – damos preferência a próteses de marcas importadas, submetidas a estudos científicos e líderes no mercado mundial, com garantia total.
 
 
Contagem-09
Realizar a cirurgia em um bom momento físico e espiritual. Submeter-se a cirurgia em momento emocional ruim, ou em que o procedimento carregue grande carga emocional, sendo responsável pela felicidade e solução de todos os problemas do paciente é um MAU SINAL! Significa que não é o momento adequado para a realização da cirurgia. Caso contrário, certamente haverá frustração com o resultado pós-operatório final, pelo excesso de expectativa gerado.
 
 
Contagem-10


Boa relação médico-paciente. Bom médico, bom paciente, boa cirurgia.